3 de fevereiro de 2015

O resto da minha vida

Há coisas que muito queremos mas não temos coragem, ou força para fazer.
É como querer perder peso, ou deixar de fumar e sempre adiar.
Sou uma pessoa muito determinada. Quando tomo decisões tenho força para as levar em frente.
Já perdi o peso das três gravidezes. Voltei a ter o peso que quero. Sinto-me bem com isso.

Estive sem emprego muito tempo e contei tudo aqui.
Dediquei as minhas forças à procura de um novo emprego e consegui.
Comecei a trabalhar e dediquei-me a 200% ou a 300%, sei lá!
Agarrei a oportunidade com unhas e dentes. Trabalhei até altas horas, durante um verão quase não vi os meus filhos.
Com altos e baixos, ao fim deste tempo mantenho o emprego e isso, é o mais importante.

Acabei por não cuidar de mim. Tentar manter um emprego nos dias de hoje, ser mãe, tratar da casa... Há dias em que é demasiada areia para a minha camioneta.

Nunca mais fui ao ginásio. Ao fim de uns meses voltei a inscrever-me. Consegui manter a rotina durante um tempo, uns quatro meses no máximo. Mas depois parei e não consegui voltar a começar. 

Andei a pensar voltar. Preparei o saco mas a cada dia encontrei um motivo para não ir. Uma desculpa, confesso. Hoje, a muito custo, lá consegui vencer a inércia. Essa mulher detestável que até já levou um banco à falência.

Estive a pensar em mil motivos para não ir. Mas à hora de almoço lá consegui bater na preguiça e fui. Meia hora.
Metade de uma hora. Trinta minuto inteiros de luta contra o vicio da inércia.
O que mais custou foi o início, parecia que estava com ferrugem. O corpo já não estava acostumado ao movimento, perdeu a força. 
Lá suei que nem uma condenada e lutei para chegar ao fim.
Meia morta, é verdade, mas com a consciência lavada.
Consegui vencer a preguiça que se tinha apoderado por mim nos últimos meses. 
E soube muito bem.
Amanhã espero conseguir mexer-me.
Foi apenas um passo, mas foi o que mais custa. O primeiro. Agora estou em movimento e vou continuar. A partir de agora nada será como antes.

8 comentários:

  1. O primeiro passo é sempre o mais complicado. Mas o exercício faz muito bem, principalmente ao stress do trabalho e do quotidiano! Vais ver que te vais sentir muito melhor.

    Beijinhos,
    http://mrswonderlandby2.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Também ando a ver se consigo ir mais vezes ao ginásio. Não está a ser nada fácil. Se tivesse hora de almoço talvez ainda ponderasse ir, mas chego a casa tarde e acabo por não ter vontade de ir. Mas eu tenho mesmo de mudar quanto a isto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fácil nunca é, mas temos de ter força!

      Eliminar
  3. Olá minha linda!
    Identifico.me com o que aqui escreves... E parece que estava à espera de um último incentivo assim. Acho que é mesmo hoje o dia de voltar às caminhadas!
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo Marisa, espero que já tenhas voltado às caminhadas!

      Eliminar
  4. És uma inspiração! Lembro-me bem dessa fase que estavas à procura de trabalho e eu tb, encontramos quase na mesma altura. Eu voltei a passar pelo mesmo (a empresa fechou) e amanhã volto a começar de novo. Outro trabalho, outros colegas, outro td! É sim hoje em dia para mantermos o nosso trabalho temos que trabalhar horas sem fim, 300%, é mostrar tds os dias que merecemos estar ali. E é claro que muitas vezes Td o resto acaba por ser afectado..menos tempo para a família e amigos..casa e nós! Enfim mas temos que buscar forças e lutar, lutar e lutar para sermos mais fortes e determinados. Eu não tenho filhos por isso admiro-te por essa garra, força e determinação! Bjinhos, Raquel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força Raquel!
      A vida é uma montanha russa, tão depressa subimos como descemos, o importante é nunca DESISTIR!

      Eliminar

Digam de vossa justiça!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...