19 de dezembro de 2013

A Felicidade que quero Ter

Um post que li hoje no Homem Sem Blog inspirou-me.
O Bruno assume preferir não chegar a rico solitário mas ter um emprego razoável e constituir uma família onde impera o amor.
Como o compreendo. E partilho da mesma escolha.
Tive uma carreira de sucesso, depois casei e tive filhos. Ao 3º fui despedida da multinacional onde trabalhava. Passei de bestial a besta!
Deixei de ter o dinheiro que tinha. Hoje arranjei um emprego mais modesto mas ainda assim numa área que gosto.
Olho à minha volta e vejo 3 filhos fantásticos. Oiço as suas gargalhadas e canções todo o dia e vejo que valeu a pena. Sonho chegar aos 80 com uma família unida, carinhosa e terna. Até lá dou e recebo milhões de beijos e abraços por dia.
Cá em casa cultivamos a expressão dos afectos. Todos nos beijamos e abraçamos. Os miúdos estão habituados e retribuem. Mais ainda. Cada vez que entro em casa atropelam-me de abraços e beijos.
E isto, não há dinheiro que possa comprar!


8 comentários:

  1. pois não, realmente não há dinheiro que pague a felicidade de ter filhos, mas também não se vive sem dinheiro. A verdade é esta.

    bjos

    Maggie

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo!
      Infelizemte precisamos de dinheiro, pelo que temos de encontrar o equilíbrio entre ter um emprego e passar tempo com os filhos, ou mesmo chegar a ter tempo para casar e ter filhos!
      Bjos,
      Paula

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Há quem procure muito mas a felicidades está mais próxima do que imaginamos!

      Eliminar
  3. Concordo!
    Mesmo eu que comecei a minha vida profissional há pouco mais de 4 anos, desde o primeiro dia que penso dessa forma. Que interessa juntar milhares no banco se os melhores milhares (os afetivos) nos vão passar ao lado?

    http://10yearsbituine.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. A mim nada me paga ou supera o prazer que tenho em acompanhar o crescimento do meu filho bem de perto.
    http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.com

    ResponderEliminar

Digam de vossa justiça!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...