7 de junho de 2018

Junho ou Janeiro?


Não entendo. O meu cérebro não consegue processar esta informação. Frio, chuva, humidade, céu negro...

Estamos em Junho ou em Janeiro?

Estamos prestes a acabar a primavera e começar o verão, ou a meio do inverno?

Seguramente a meio, quem me dera que no fim, de um longo inverno. Um dos mais longos que assisti nas mais de 40 décadas com que a vida me presenteou.

Já usei roupa de verão. Já ganhei bronzeado na cara e braços, com a permanência ao ar livre nuns fins de semana solarengos, de há quase um mês...

Voltei a ir buscar as camisolas de malha, os sobretudos, os pijamas de inverno.

Os miúdos estão prestes a acabar as aulas. Falta apenas uma semana! Vão ficar fechados em casa? Abrigados da chuva? Não faz sentido!

O meu cérebro não consegue assimilar esta dualidade de sensações. Os dias longos de primavera, com o céu cinzento e o frio.

Olho para a lareira que me pisca o olho. Contenho-me. Recuso-me a abraçar o inverno a poucos dias do inicio oficial do verão. Depois de uma primavera com falta de comparência.




3 comentários:

  1. Mas é em Lisboa,deu agora um direto ao Porto a propósito de um festival de lá, e está uma noite linda!Aqui os jogadores,parecem uns pintos!Eu até olhei bem e confirmo era direto!😞

    ResponderEliminar

Digam de vossa justiça!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...